Acervo Ricardo Ramos

img

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O ACERVO

 

Em 1993, visando, entre outros aspectos, a contribuir para o estudo de autores da literatura infantil e juvenil brasileira ainda pouco explorados, elegemos como objeto de estudo os textos ficcionais voltados para o público jovem até então produzidos por Ricardo de Medeiros Ramos (1929–1992). Esse trabalho culminou na dissertação de Mestrado intitulada A literatura “juvenil” de Ricardo Ramos: sedução e fruição estética, defendida na UNESP/Assis em 1996 e que tinha como objetivos compreender e explicar, mediante a análise de três narrativas selecionadas, o modo de representação da realidade engendrado pelo escritor e o papel do narrador nesse processo, recuperando, reunindo e organizando a bibliografia do autor e sobre sua obra disponíveis. Por se tratar de um trabalho debruçado sobre os textos ficcionais para jovens do autor, as preocupações, naquele momento, recaíram principalmente sobre esses textos. No entanto, se no conjunto do material coletado ficou destacado o fato de a produção crítica sobre a literatura juvenil de Ricardo Ramos ser ainda incipiente em termos numéricos, o mesmo não podia ser dito em relação aos demais elementos que compunham o acervo, que dá conta de boa parte da carreira literária/jornalística/crítica/publicitária do escritor. Naquele momento, pôde-se constatar – figurando inclusive como um pequeno tópico da citada Dissertação – que alguns dos aspectos levantados no acervo foram essenciais para as reflexões sobre a produção para jovens de Ricardo Ramos e para as reflexões sobre o todo de sua obra.

Tomando por base esses aspectos, em 1997 solicitamos dos familiares de Ricardo Ramos maiores informações sobre a produção crítica de e sobre o autor, recolhida durante toda sua vida, e sua produção ficcional publicada esparsamente em periódicos. Em novembro de 1998, a partir desses contatos mantidos com a família do escritor, constatamos que o material crítico/informativo/literário de e sobre Ricardo Ramos e sua obra era ainda mais abrangente e considerável em termos numéricos. Solicitamos, então, dos familiares o acesso ao material, o que nos foi prontamente facultado, inclusive com o deslocamento do acervo para pesquisa na forma de cessão.

A presença do material, inclusive fotos, documentos pessoais, cartas, cartões e outros objetos pertencentes ao escritor, oferece atualmente a oportunidade para que se iniciem projetos envolvendo pesquisadores de Literatura, História e Sociologia, entre outros.

Este trabalho de divulgação on-line faz parte de um desses projetos em andamento. Esperamos que possa contribuir para a divulgação de um dos grandes escritores brasileiros do século XX.

 

Aroldo José Abreu Pinto

e-mail: aroldoabreu@uol.com.br

   

Programa de Pós Graduação em Estudos Literários

Campus Universitário de Tangará da Serra

Rodovia MT 358 - Km 07. Caixa Postal 287

Jardim Aeroporto, CEP 78300-000